In order to view this object you need Flash Player 9+ support!

Get Adobe Flash player

Powered by RS Web Solutions

Os participantes do Crescendo com o Brahman estão conhecendo um.pouco mais da história da pecuária zebuina.

O projeto é uma iniciativa da ACBB em parceria com a Abcz Jovem e o Museu do Zebu.




Crianças e adolescentes de várias idades estão nesse momento conhecendo um pouco sobre a raça. 
O projeto é uma iniciativa da ACBB em parceria com a Abcz Jovem e o Museu do Zebu.



O projeto Crescendo com o Brahman aconteceu hoje (5) e reuniu quase 50 crianças e adolescentes que conheceram o trabalho do julgamento em pista. O grupo recebeu informações sobre manejo, genética, fenótipo e como deve ser a interação dos apresentadores e tratadores dos animais que entram nas pistas de julgamento para disputar as principais feiras do País.Os participantes ouviram atentamente a coordenadora do projeto, a médica veterinária Tatiane Tetzner, e logo depois, colocaram em prática tudo o que aprenderam durante o curso.“O Brahman é uma raça dócil, o que facilita o contato dos participantes com os animais. As crianças e os jovens desenvolvem aptidões que, até então, desconheciam. Muitos descobrem inclusive a sua vocação profissional, além de ser uma oportunidade de conhecer o trabalho da pecuária e de todos os criadores e expositores que trouxeram animais para a ExpoZebu”, disse Tetzner.O diretor de marketing da ACBB, Aldo Valente, ficou muito satisfeito com o número de participantes neste ano. Segundo ele, a proposta da ACBB é trazer, de fato, esse público para o Parque Fernando Costa mostrando a importância da pecuária como um todo.“Esse projeto consiste em mostrar para as crianças a importância da atividade rural e o convívio com os animais, fortalecendo a pecuária nacional. É uma atividade saudável e vem sendo realizada em diversos países. No Brasil, nós lançamos essa iniciativa dentro da raça Brahman e esperamos que continue crescendo”, disse Aldo Valente.A pequena Laura, de apenas 11 anos, deu um show à parte. No ano passado ela participou do projeto como aluna e, agora, voltou como monitora. “Eu gostei muito, a gente tem um contato maior com o animal, o que não é tão comum no dia a dia. Fico muito satisfeita, principalmente em poder participar orientando as crianças sobre como lidar com o animal”, enfatizou.O projeto é uma parceria da ACBB, da ABCZ Jovem e do Museu do Zebu.

Texto: Sabrina Alves

Foto: Carlos Lopes


alt





Uma noite digna de tapete vermelho e muitas homenagens. Assim terminou a programação oficial de ontem (04/05), na 83ª ExpoZebu. A entrega do Mérito ABCZ 2017 foi realizada em uma cerimônia solene que reuniu importantes nomes da pecuária brasileira, técnicos do setor e profissionais da entidade.A medalha, que foi criada em 1977, esse ano teve novidades. Os associados puderam indicar homenageados. A lista com os nomes mais votados foi analisada pela diretoria da entidade, sendo escolhido um criador de cada raça para receber a premiação. Também foram homenageados um técnico e um colaborador da ABCZ, além de uma personalidade internacional, somando 11 agraciados.“Reconhecer o trabalho, as atitudes e, principalmente, a importância de alguém, é um ato que não só valoriza o ser humano, como estimula o empenho do homenageado e todos a sua volta. Tornar público esse reconhecimento é o nosso objetivo com a entrega do Mérito”, destaca Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, presidente da ABCZ.
Entre os homenageados da Categoria Nacional esteve o vice-presidente da Associação dos Criadores de Brahman do Brasil, Carlos Borges. A ABCZ homenageou ainda outras categorias, entre essas categoria internacional, categoria Técnico e categoria colaborador.

Fonte: Assessoria ABCZ

alt

O vice-presidente da ACBB, Carlos Borges estava entre os homenageados do Mérito ABCZ 2017
Diversos criadores e apreciadores da raça Brahman participaram da palestra “Sucessão Familiar”, ministrada por Marianna Garcia, membro da 4ª geração da Família Garcia, administradora do Grupo Algar.A proposta foi a de conscientizar os criadores sobre a importância da continuidade do processo de sucessão familiar, dessa forma, valorizando a pecuária nacional.“Tive a oportunidade de passar um pouco do conhecimento de tudo que vem sendo feito dentro do Grupo Algar. É um trabalho, praticamente, de duas décadas, que envolve governança corporativa e não foi feito do dia para a noite, é um processo longo. Abordei também a questão empresarial que envolveu uma família, onde foi necessária a profissionalização de todos os envolvidos para garantir a perpetuidade do negócio”, explicou.  Ouvinte do Grupo Algar desde 2009, Mariana contou que passou por diversos processos até chegar ao Conselho do grupo.  “Fiz parte do programa trainee dentro da empresa, e foi a partir daí que identifiquei a oportunidade de participar um pouco mais das esferas gerenciais. Fui pegando a expertise e sentindo como funcionava e, em 2015, depois de concluir uma especialização na área de conselho de administração, fui convidada pelo conselho de administração como membro efetivo da mesa. Não é uma tarefa fácil, é provação em cima de provação”, afirmou. A ACBB aproveitou a oportunidade para homenagear os sucessores brahmistas presentes com a Comenda José Amauri Dimarzio. Entre os homenageados, Gustavo e Caio Rodrigues, filhos do diretor da ACBB, Wilson Roberto Rodrigues, da Agropecuária W2R.  “Receber esta homenagem é um motivo de imenso orgulho, principalmente eu que tenho o Brahman, não somente como um negócio, mas como uma paixão. Paixão essa herdada do meu pai, que foi o meu maior incentivador”, comemorou Gustavo. 

Texto Sabrina Alves
Benevenuto Comunicação Integrada
Crédito: Carlos Lopes


Diversos criadores e apreciadores da raça Brahman participaram da palestra “Sucessão Familiar”, ministrada por Marianna Garcia, membro da 4ª geração da Família Garcia, administradora do Grupo Algar.
A proposta foi a de conscientizar os criadores sobre a importância da continuidade do processo de sucessão familiar, dessa forma, valorizando a pecuária nacional.
“Tive a oportunidade de passar um pouco do conhecimento de tudo que vem sendo feito dentro do Grupo Algar. É um trabalho, praticamente, de duas décadas, que envolve governança corporativa e não foi feito do dia para a noite, é um processo longo. Abordei também a questão empresarial que envolveu uma família, onde foi necessária a profissionalização de todos os envolvidos para garantir a perpetuidade do negócio”, explicou.  
Ouvinte do Grupo Algar desde 2009, Mariana contou que passou por diversos processos até chegar ao Conselho do grupo.  
“Fiz parte do programa trainee dentro da empresa, e foi a partir daí que identifiquei a oportunidade de participar um pouco mais das esferas gerenciais. Fui pegando a expertise e sentindo como funcionava e, em 2015, depois de concluir uma especialização na área de conselho de administração, fui convidada pelo conselho de administração como membro efetivo da mesa. Não é uma tarefa fácil, é provação em cima de provação”, afirmou. 
A ACBB aproveitou a oportunidade para homenagear os sucessores brahmistas presentes com a Comenda José Amauri Dimarzio. Entre os homenageados, Gustavo e Caio Rodrigues, filhos do diretor da ACBB, Wilson Roberto Rodrigues, da Agropecuária W2R.  
“Receber esta homenagem é um motivo de imenso orgulho, principalmente eu que tenho o Brahman, não somente como um negócio, mas como uma paixão. Paixão essa herdada do meu pai, que foi o meu maior incentivador”, comemorou Gustavo. 


Texto Sabrina Alves
Benevenuto Comunicação Integrada
Crédito: Carlos LopesDiversos criadores e apreciadores da raça Brahman participaram da palestra “Sucessão Familiar”, ministrada por Marianna Garcia, membro da 4ª geração da Família Garcia, administradora do Grupo Algar.A proposta foi a de conscientizar os criadores sobre a importância da continuidade do processo de sucessão familiar, dessa forma, valorizando a pecuária nacional.“Tive a oportunidade de passar um pouco do conhecimento de tudo que vem sendo feito dentro do Grupo Algar. É um trabalho, praticamente, de duas décadas, que envolve governança corporativa e não foi feito do dia para a noite, é um processo longo. Abordei também a questão empresarial que envolveu uma família, onde foi necessária a profissionalização de todos os envolvidos para garantir a perpetuidade do negócio”, explicou.  Ouvinte do Grupo Algar desde 2009, Mariana contou que passou por diversos processos até chegar ao Conselho do grupo.  “Fiz parte do programa trainee dentro da empresa, e foi a partir daí que identifiquei a oportunidade de participar um pouco mais das esferas gerenciais. Fui pegando a expertise e sentindo como funcionava e, em 2015, depois de concluir uma especialização na área de conselho de administração, fui convidada pelo conselho de administração como membro efetivo da mesa. Não é uma tarefa fácil, é provação em cima de provação”, afirmou. A ACBB aproveitou a oportunidade para homenagear os sucessores brahmistas presentes com a Comenda José Amauri Dimarzio. Entre os homenageados, Gustavo e Caio Rodrigues, filhos do diretor da ACBB, Wilson Roberto Rodrigues, da Agropecuária W2R.  “Receber esta homenagem é um motivo de imenso orgulho, principalmente eu que tenho o Brahman, não somente como um negócio, mas como uma paixão. Paixão essa herdada do meu pai, que foi o meu maior incentivador”, comemorou Gustavo. 

Texto Sabrina AlvesBenevenuto Comunicação IntegradaCrédito: Carlos Lopes

Brahman TV

 

database Ranking

kexi Calendário de Eventos

 

folder inbox NewsLetter