Com um faturamento que ultrapassou a casa de R$1 milhão, terminou no último sábado a dobradinha de leilões promovidos pelos criadores da raça Brahman

Durante a ExpoZebu 2017, foram realizados dois leilões de alta genética da raça na Casa do Brahman, dentro do Parque Fernando Costa, em Uberaba/MG. O primeiro remate foi o “Elos do Brahman”, com genética dos promotores Brahman Braúnas, UberBrahman e de convidados.O faturamento ultrapassou os R$ 400 mil, com a venda de 21 lotes. 
Destaque para o touro MR Uber Tufão POI 951, vendido para a Alta Genetics do Brasil e Brahman do Lago, considerado um sucesso em vendas de semên no Brasil e no exterior, além de ter uma grande demanda de sua genética para países da Ásia.Outro destaque foi a venda de 50% do UBER 806.
O reprodutor que tem características modernas foi vendido para Mauricio Cid, membro de uma das famílias pioneiras na criação da raça. Também chamou a atenção a venda do touro MR UBER Diamante 1319. O animal que reúne carcaça volumosa e bem acabada com beleza racial, foi adquirido por criadores da Venezuela com projeto para industrialização do sêmen e venda para criadores estrangeiros.
Os negócios internacionais também foram fomentados pelo criatório Las Talas do Paraguai. O grupo que é líder de venda de sêmen naquele país lançou, arrematou e iniciou conversas no intuito de levar outros animais de pista para o país de sua origem. "Iniciamos este trabalho com os leilões internacionais nos Congresso Latino Americano e no Congresso Mundial.
O Brahman é uma raça Global e buscamos uma comercialização integrada a genética, onde todos ganham e a raça avança", ressalta Aldo Valente. Encerrando a programação da Associação Promocional e o calendário comercial, aconteceu no sábado (6), logo após a festa de premiação dos grandes campeonatos da ExpoZebu, o 12º Leilão Nacional Brahman Produção. O remate encerrou a agenda da 83ª ExpoZebu e movimentou R$ 637.440 com 150 animais.Com média de R$ 3.871, as fêmeas lideraram a vitrine com 128 exemplares.
Do grupo saíram 122 animais Puros de Origem e seis Livro Aberto (LA). Todas as matrizes LA foram arrematadas em um único lote por R$ 25.920 por Cláudio Affonso, na maior negociação do pregão.Também foram vendidos 21 touros e garrotes ao preço médio de R$ 6.754.O evento foi promovido pelos criatórios Rancho Brahman, Brahman do Lago, Brahma Vitória, Querência e Seg Brahman.Os trabalhos de pista foram coordenados pelo leiloeiro Guillermo Sanchez, com pagamentos fixados em 24 parcelas. A organização foi da Programa Leilões e a transmissão do Canal Rural. O presidente da Associação dos Criadores de Brahman do Brasil, Adalberto Cardoso comemorou os resultados obtidos.“Leilão é sempre bom, é uma forma mais rápida de divulgar a raça, independente se os resultados são ou não excepcionais.
Tivemos bons resultados e houveram vendas expressivas em relação ao mercado de hoje, inclusive a venda de um touro arrematado por mais de 100 mil reais e outra novilha minha, vendida por quase R$70 mil. Não conseguimos vender 100% do gado comercial, mas já recebemos o interesse de pecuaristas que irão diretamente na fazenda para ver e adquirir os animais”, afirmou.Adalberto falou ainda sobre o crescimento comprovado do Brahman nos últimos anos, destacando o crescimento do mercado de animais de produção comercial a campo e o interesse de centrais pelos reprodutores a raça.“Estamos fazendo um intenso trabalho de divulgação para a evolução da raça, o que vem sendo comprovado na solidez das comercializações. Estamos presentes em diversos países e a resposta dos estrangeiros que nos visita é unânime em afirmar que a qualidade do gado Brahman é superior e atende aos propósitos da pecuária internacional”, pontua. 

Texto: Sabrina Alves (ACBB)
Foto: Carlos Lopes




Brahman TV